Livraria do Psicologo e Educador: Nosso site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar navegando você concorda com a nossa Política de Privacidade.

FRETE GRÁTIS PARA TODO O BRASIL A PARTIR DE R$119

PARCELE SUAS COMPRAS EM ATÉ 12x SEM JUROS

5% DE DESCONTO NO PIX OU BOLETO

ETICA E SAUDE MENTAL CONTEMPORANEA: O PRIVILEGIO DA ALTERIDADE NO CENTRO DE

Autor: PATRICIA MENDES LEMOS

ETICA E SAUDE MENTAL CONTEMPORANEA: O PRIVILEGIO DA ALTERIDADE NO CENTRO DE

Por: R$ 59,88

ou em 1X de R$ 59,88 sem juros

No Pix ou Boleto: R$ 56,89

Comprar
Calcular Frete

Disponibilidade:

PRODUTO EM ESTOQUE

IMPORTANTE:

- O prazo para entrega do pedido passa a ser considerado a partir da confirmação do pagamento do pedido pela instituição financeira.

- O envio será considerado conforme a coleta da empresa de transporte, em alguns casos no dia subsequente.

- Para acelerar a entrega, os itens do pedido poderão ser enviados separadamente.
Caso isso aconteça, não haverá cobrança de qualquer custo adicional e o prazo de entrega estabelecido na compra será mantido.

Sinopse

O livro traz uma discussão contundente e contemporânea sobre o campo da Saúde Mental, focando-se na atuação do Centro de Atenção Psicossocial (CAPS) e destacando os aspectos éticos inerentes a este dispositivo. Ao longo de três capítulos, aprofunda-se na temática da Reforma da Saúde Mental no contexto cearense; distingue conceitos como sofrimento, psicopatologia e dor; e realiza apontamentos éticos relacionados ao funcionamento do atual Sistema de Saúde Mental, à implicação das equipes de profissionais com o projeto-CAPS e seus usuários, à caracterização das demandas contemporâneas dirigidas aos serviços; inferindo a primazia da alteridade-loucura no Centro de Atenção Psicossocial. Em meio às demandas e produções subjetivas de um contexto social entendido como tardomoderno, o CAPS assume a responsabilidade pela compreensão, pelo acolhimento e tratamento de um sujeito historicamente excluído por sua relação com a loucura. A partir disso, os sujeitos implicados nesse processo, inevitavelmente, deparam-se com algumas indagações, tais como: Quais as dimensões éticas presentes no CAPS que subsidiam a atuação dos profissionais? Como essas dimensões éticas interferem na operacionalização do Sistema de Saúde Mental? A discussão realizada propõe criticamente o compromisso ético como elemento primordial, a partir do qual as práticas de Saúde Mental podem ser repensadas e reinventadas para o alcance de respostas mais pertinentes e consonantes com a experiência do outro-alteridade, cuja presença impõe-se de modo irrecusável aos atores participantes de um processo de mudança em permanente construção.

Ficha Técnica

Editora: EDITORA CRV

Especialidade: SAúDE MENTAL

ISBN: 9788544404270

Páginas: 0216

Ano: 2015

Edição: 1

Encadernação: Capa comum

Inscreva-se e fique por dentro das novidades